Nas recentes escavações em uma vila soterrada por mais de 2 mil anos, os arqueólogos localizaram uma grande construção inigualável. Tal edificação pode se tratar da cidade de Modiim. A nomenclatura Modiim deriva da aldeia “Modi’im” do sacerdote Matatias e seus cinco filhos. Já a expressão “Maccabim” vem do hebraico, na tradução significa “Maccabees”, que é um apelido dado a Matatias e sua prole.

Modiim está situada a aproximadamente 35 km a Sudeste de Tel Aviv e 30km a oeste de Jerusalém. Em sua região apresenta um clima bem específico, formas de relevo diferenciadas, e a flora e fauna são de cair o queixo. Na antiguidade, Modi’in era o lugar de origem da dinastia dos Asmoneus que governou a Judeia entre I e II a.C., a localidade também foi palco da revolta dos Macabeus contra os Gregos Selêucidas.

Segundo relatos históricos, os Maccabees, a partir da antiga cidade de Modiim, liderou a revolta contra a dominação grega e foram responsáveis pela purificação do Segundo Templo. O objetivo das escavações arqueológicas no sítio é inferir se tem algum vestígio que comprove às lendas e histórias que surgiram em torno do local do Horbat Ha-Gardi, localizado a uma curta distância da cidade de Modiim, cujo espaço é associado com o Túmulo dos Macabeus.

O Túmulo dos Macabeus aparece em dois livros antigos: O Livro dos Macabeus e as Antiguidades Judaicas de Flávio Josefo. O túmulo foi descrito como uma estrutura alta, impressionante rodeada por colunas, no passado, tinha vista para o mar e foi edificado com pedras finas e coberto com telhas em forma de pirâmides. A proximidade do local de Horbat Ha-Gardi à aldeia árabe de Al-Midya, e à similaridade do nome da aldeia ao nome da antiga Modi’in atraiu arqueólogos e estudiosos para investigar os mistérios por trás deste ambiente.

 

Oferecemos Cursos em Israel para você desvendar as maravilhas históricas da Terra Santa. Acesse nosso Portal e fique por dentro de diversas novidades sobre Arqueologia Bíblica em Israel.

 

 

Foto aérea dos fundamentos do túmulo: Skyview Co, cortesia da Israel Antiquities Authority

A UNESCO é uma instituição que desenvolve atividades para a conservação e proteção dos patrimônios naturais e culturais de diversos locais do mundo. Com base nisso, ela inclui numa listagem os sítios declarados “Patrimônio Mundial”, os escolhidos são locais muito importantes para a preservação de histórias do passado e do presente de diversos povos ao redor do mundo, cuidar desses ambientes para que essas informações não sejam destruídas é um ato de grandioso valor e prestígio.

Em Israel, anos atrás dois locais importantíssimos da história da Terra Santa foram incluídos na lista dos Patrimônio Cultural Mundial. Essa categoria é composta por monumentos, grupos de edifícios ou sítios que tenham um excepcional e universal valor histórico, estético, arqueológico, científico, etnológico ou antropológico. As escolhidas para este seleto grupo foram as cavernas de Tel Maresha e Beit Guvrin.

Tais locais fundamentais para os povos que ali habitaram, agora fazem parte de uma lista prestigiada de sítios de valor cultural, junto com diversos outros lugares espalhados por todo o mundo. Para a preparação da declaração à candidatura levou-se um longo tempo e muito empenho entre o Comitê do Ministério do Exterior, a Autoridade dos Parques e Jardins Nacionais de Israel e o Comitê de Patrimônio da UNESCO. Tais instituições buscaram arduamente para que esses locais pudessem ser preservados e mantidos intactos, assim, guardando vestígios de um passado fundamental para a construção da história de Israel.

Os sítios arqueológicos de Tel Maresha e Beit Guvrin estão se juntaram a mais oito sítios do país que já foram nomeados Patrimônio Cultural Mundial, incluindo a Cidade Branca em Tel Aviv, a Fortaleza de Massada, os Tels Bíblicos (Tel Megido, Tel Hatzor e Tel Beer Sheva), a Rota do Incenso, os Jardins Sagrados dos Bahá’ís em Haifa, a Cidade de Acre, o Riacho das Cavernas que entraram para a lista no ano de 2012.

Aprenda mais sobre Arqueologia Bíblica, nossos cursos em Israel tem várias opções para você escolher o que melhor se encaixa nos pontos que mais te interessam conhecer. Faça uma visita em nosso site e descubra mais sobre a Terra Santa. Dúvidas? Clique aqui e entre em contato conosco!

Tel Dor é uma das ruínas Bíblicas com grande importância na Terra Santa. No passado, Dor era uma estratégica cidade da costa marítima. Fica situada a 30 quilômetros ao Sul de Haifa, e 2,5 quilômetros ao Oeste de Hadera. Na localidade foram localizados vestígios de civilizações em vários períodos da história, desde a Era de Bronze, o período canaanita e israelita. A Tel também passou pelos períodos persas, helenísticos, romanos, bizantinos, islâmicos e nos dias de hoje, a região abriga a Vila Judaica de Nachshonim.

No século XIII a.C., a Tel é citada em um texto egípcio do Novo Império, como um lugar na região costeira da Via Maris.  Já uma carta localizada no fim dos anos da Idade do Bronze menciona um povo que é nomeado de Sikalayu (que vivem em barcos). A transição do Bronze à Idade do Ferro, surge com uma crise infindável e sem precedentes, que cercou as velhas civilizações em volta do Mediterrâneo, e em algumas décadas, colocou fim a uma ordem mundial que existia.

As circunstâncias dessa calamidade é uma das questões exacerbadas debatida sobre o Oriente Próximo e Arqueologia Mediterrâneo. Em Israel, esta crise surgiu pelo cessar de três séculos de dominação egípcia, a queda das cidades-estados dos cananeus, a infiltração das sociedades pastorais ou agrárias tribais para os montes, além da entrada dos “Povos do Mar” na planície costeira.

As buscas arqueológicas em Dor pode proporcionar a descoberta de vestígios e provas de valor inestimável sobre as origens e destinos de pelo menos dois desses grupos (os fenícios e os “povos do mar”). A passagem bíblica que narra a conquista de Canaã pelos israelitas fala que Dor foi uma dos cinco cidades do norte, que se uniu a Yabim, rei de Hazor, em oposição a Josué. Na sequência, os israelitas conquistaram a vitória e o rei de Dor foi morto e seu exército derrotado (Trecho de Josue, 11: 1-2; 12:23), mas a cidade não foi devastada e permaneceu na presença dos cananeus durante todo o período dos juízes.

Aprenda mais sobre Arqueologia Bíblica, nossos cursos em Israel tem várias opções para você escolher o que melhor se encaixa nos pontos que mais te interessam conhecer. Faça uma visita em nosso site e descubra mais sobre a Terra Santa. Dúvidas? Clique aqui e entre em contato conosco!

 

Photo Attribution: המרכז למדיה דיגיטלית, אוניברסיטת חיפה, הספריה

Tel Gezer é uma colina estreita e íngreme, que se estende do Norte ao Oeste para Sul ao Leste, possui cerca de 600 metros de comprimento e aproximadamente 250 metros de largura. O sítio arqueológico e um parque nacional em Israel, está situado no Conselho Regional de Gezer, entre Latrun e Ramla. Foi identificado com a cidade Cananeia de Gezer, a Tel ainda é considerada uma das colinas mais importantes de Israel, acompanhado das ruínas de Hazor, Megido e Beersheba.

Neste artigo revelamos a você mais uma descoberta recente… Durante algumas escavações, arqueólogos e pesquisadores expuseram fatos impressionantes a respeito da queimada que aconteceu na cidade de Gezer, a aproximadamente 3 mil anos atrás. Tal situação ocorreu quando o Faraó invadiu a cidade, matou os cananeus e deu o local de presente para sua filha quando casou-se com Salomão, o rei fortificou a Tel.

O passeio pelo local é algo privilegiado, pois desde um estudioso até um turista leigo pode contemplar sua geografia diferenciada e singular, com uma construção que revela como era a cidade há mais de 2 mil anos no passado, pois a região não sofreu grandiosas mudanças, assim é possível viver momentos memoráveis. A visita ao ambiente torna-se ainda mais empolgante na época mais florida do ano, a primavera, neste período é possível contemplar as flores, a vegetação, o frescor das montanhas e um belíssimo pôr-do-Sol, com uma vista para a Costa do Mediterrâneo, seguido de Tel Aviv e Jope ao fundo.

Saiba mais histórias sobre A Terra Santa, seus diversos sítios arqueológicos e mistérios inquietantes e muito empolgantes. Entre em contato conosco e conheça nossos Cursos em Israel, os roteiros são delineados pensando em fornecer a você uma viagem inesquecível e cheia de conhecimentos e descobertas. Clique aqui e fale conosco!